Você já resgatou um pássaro que caiu do ninho?

 Se sim, sabe o quanto é gratificante ver ele crescer saudável, aprender a voar para mais tarde voltar a viver livre pelo céu. 

Acompanhe a história em video deste rapaz de apelido Kandwarf que resgatou um  bebê beija-flor, alimento-o com  água com açúcar e moscas e quando ficou maior, ensinou-o a voar.  O lindo pássaro se readaptou bem e sempre volta para o quintal da casa do garoto.

“Foi uma experiência bastante agitada e difícil, mas muito gratificante”, finaliza ele.

Confira:

 


[vitrine]beija-flor[/vitrine]

  1. A alguns dias atrás me aconteceu algo interessante junto com meu primo, um passarinho que cuidamos bem no primeiro dia voltou até minha casa, o mais engraçado que a gente tinha soltado ele de volta a natureza e como gratidão veio nos comprimentar, da uma olhada no vídeo: https://youtu.be/qS59Hl3u72g, depois desse dia não penso nunca mais em corta a asa de um pássaro mesmo que eu o tenha em casa como já tive quando era pequeno.

  2. Os Beija-Flores necessitam de suprimento energético constante. Sendo que os adultos se alimentam aproximadamente de 4 a 5 vezes por hora, em quantidade que pode chegar a 30 vezes o peso do seu corpo. Os filhotes também devem ser alimentados no ninho de varias vezes por hora (4 a 5 vezes) durante o dia, à noite o metabolismo do animal baixa significativamente não necessitando de alimento. A quantidade a ser fornecida de alimento varia conforme o apetite do filhote.

    Se o filhotinho ainda não come sozinho, continue com a alimentação manual, porém já comece a disponibilizar o bebedouro, pois logo o pequeno irá aprender que deve utilizá-lo para alimentação. Quando o filhote tiver aproximadamente 1 mês e se alimentando sozinho, a senhora pode soltá-lo (sempre deixando o bebedouro à vista the ave) e não precisa mais oferecer a papa, somente o néctar. Ressalto que os filhotes devem ser mantidos aquecidos no ninho. São animais de alto metabolismo, portanto não devem ser mantidos em gaiolas.

    Abraços,

Got Something To Say:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*
*